terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Acorda seu romântico!

Meu nome e o seu gravados dentro de um coração no tronco de uma nogueira. Que...babaquice romântica infantil.
Escrevo cartas à moda antiga - lê-se à mão - em papéis rosas cheios de coraçõezinhos. Quem é que lê cartas hoje em dia? Para quê revistas com modelos de cartas de amor? Hoje em dia o amor é virtual. Antiquada é a pessoa que ama na vida real, está ali ao seu lado, tem contato com você, toque, abraço, beijo... será realmente um conceito ultrapassado?
Ah...os romances como Sabrina, Bianca, Momentos do Coração. Que lindo! São é dramalhões água com açúcar  O que vale agora são os 50 Tons de Cinza, que apesar de ser monocromático traz "cor" e tempero à imaginação da maioria das mulheres, mas os homens também devem ter dado uma espiadinha.
Como era romântico, lindo, proibido...abraçar em público, dar as mãos, beijar então...uma heresia, sexo nem pensar, só depois do casamento. Não quero iludir vocês românticos, mas os tempos mudaram. No primeiro encontro todo mundo faz de tudo. Que modernidade, que evolução...Cadê as coisas proibidas? Que gosto têm? No princípio Eva comeu a maça, mas hoje nada mais é chocante.
O "eu te amo" caros românticos está banalizado. Conheço você a uma semana e já te chamo de "benhê", em quatro são os planos e no máximo em um mês juras de amor eternas. Não! Basta! Se quiser ter um relacionamento superficial, beijo, abrace e faça sexo com o chão frio da sua casa. Mantenha contato com a superfície. O amor é maior e mais completo do que isso, aliás, demorado também.
Flores, bombons, mensagens de amor... Rasguem e picotem as pétalas, amassem os chocolates e delete as mensagens, seja prático, claro e esqueça que algum dia os habitantes deste planeta, já foram mais românticos e mais humanos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...