quinta-feira, 27 de junho de 2013

Gafe no Cinema

Fui ao cinema com uma amiga. Cheguei em cima da hora, mas deu tempo de comprar os ingressos no caixa-expresso. Escolhemos um bom lugar e estávamos assistindo ao filme quando, de repente, escutei um som diferente, apurei os ouvidos e percebi que era um rádio ligado em plena sala de cinema.

A partir daí prestei mais atenção à música que ecoava pela sala de cinema e não tinha nada a ver com a trilha sonora, do que nas legendas felizmente amarelas - pois as brancas são horríveis projetadas na grande tela - que contavam a história. Indignada. Contrariada, porém em silêncio, mantive a postura e pensava naquela falta de respeito aos demais espectadores.

Ao final do filme, minha amiga veio comentar comigo sobre o rádio ligado e adivinhem só quem era a causadora daquele transtorno, ela. Por causa da pressa em entrar na sessão esqueceu-se de desligar o rádio do celular e deixou os fones de ouvido pendurados sobre o peito. Mas, quem é que nunca cometeu uma gafe homérica como essa?

As gafes estão aí, simplesmente acontecem e são as coisas mais engraçadas da vida. Na hora você não sabe onde se enfiar por causa da vergonha, mas depois percebe que não dá para ser perfeito e isso é que o torna humano.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...